leia

Entenda o que faz o profissional de fisioterapia desportiva

Por Por Cristiane Silva

A atuação do profissional de fisioterapia desportiva é voltada tanto para os atletas profissionais quanto para aqueles que praticam esporte regularmente de forma amadora. 

A fisioterapia desportiva é um ramo da medicina do esporte que trata, recupera e busca evitar lesões causadas pela prática de exercícios físicos. Os profissionais especializados nesta área têm como objetivo proporcionar o retorno à atividade física no menor prazo possível.

O fisioterapeuta desportista não trabalha apenas na recuperação e acompanhamento do paciente lesionado. Uma de suas funções nesta área é preparar atletas para competições, auxiliando na prevenção de contusões e dores. O trabalho de prevenção feito pelo profissional de Fisioterapia desportiva vai além, e inclui o acompanhamento, de modo a evitar o retorno de luxações, tendinites, entorses, lesões nos ligamentos e fraturas. 

Quando sua atuação está ligada a uma equipe esportiva, como um time de futebol ou de vôlei, ele trabalha em parceria com o treinador e o preparador físico. Neste caso, seu papel é avaliar a atuação do paciente durante a prática do exercício e traçar planos de correção postural e de prevenção do surgimento de novas lesões. Esta é uma área bastante promissora. 

Tratamentos realizados pelo profissional de fisioterapia desportiva

Entre as técnicas utilizadas estão o treino funcional, a massoterapia, a eletroterapia, o biofeedback de EMG, a estabilização segmentar e as bandagens funcionais.

Por uma avaliação que leva em conta o local da contusão, o tipo de esporte praticado e as necessidades do paciente, o fisioterapeuta define as ferramentas que serão utilizadas para tratar a lesão.

A fisioterapia desportiva é só para atletas profissionais?

Não. Este profissional pode atuar em academias, clubes, postos de saúde e clínicas. Neste caso, ele é responsável por desenvolver uma rotina de exercícios para aliviar as dores de pacientes com doenças crônicas e ajudar a minimizar complicações. Ainda neste campo, o profissional pode organizar e/ou gerir grupos operativos de pessoas com limitações físicas semelhantes, para que trabalhem juntas.

Esta área de especialização está em franca expansão e vem ganhando visibilidade por causa das lesões de grandes atletas e da divulgação na imprensa. Para quem está em início de carreira, uma boa alternativa para entrar neste mercado de trabalho é atender esportistas e atletas amadores.

Quer se tornar um profissional de fisioterapia? Então você precisa se inscrever no curso de Fisioterapia da Universidade Católica de Brasília. Nós vamos te ajudar a desenvolver os conhecimentos e habilidades para que você conquiste o futuro dos seus sonhos. Conte com a gente!

 

Tags: Fisioterapia

Receba os melhores conteúdos no seu e-mail!